Desde o nascimento, o bebé (1º ano) e, mais tarde, a criança (de 1 aos 5 anos) passam por um complexo processo de desenvolvimento a diversos níveis:

Físico (ex., marcha, motricidade grossa e fina, controlo esfincteriano, etc.);

Cognitivo (ex., linguagem, raciocínio, memória, criatividade, etc.);

Afetivo/emocional (ex., reconhecimento e expressão de emoções, afetos e sentimentos, etc.);

Social (ex., relações com os pais, familiares e amigos, aceitação de regras sociais, etc.).

 

Desta forma, não surpreende que os pais se questionem muitas vezes se o seu filho estará a desenvolver-se normalmente e se estarão a agir da melhor forma…

Na generalidade, assistir ao crescimento e ao desenvolvimento de um filho é algo que fica marcado por muitas alegrias e momentos repletos de deslumbramento, contudo é frequente também surgirem muitas dúvidas, receios e incertezas. Como tal, o acompanhamento do desenvolvimento do bebé (1º ano de vida) e da criança (de 1 aos 5 anos) pode constituir uma ajuda útil e importante.

Tendo em conta a perspetiva desenvolvimentista, as sessões deste acompanhamento são realizadas em momentos-chave do desenvolvimento do bebé (1º ano) ou da criança (de 1 aos 5 anos).

Idealmente, este acompanhamento surge na continuação do acompanhamento iniciado no período pré-natal e/ou no pós-parto (saber mais: Acompanhamento Psicológico na Gravidez e Acompanhamento Psicológico no Período Pós-Parto).

 

O Acompanhamento do Desenvolvimento do Bebé (1º ano de vida)

e da Criança (de 1 aos 5 anos) permite:

 

Avaliar o perfil de desenvolvimento do bebé/da criança, possibilitando aos pais conhecer em que fase do desenvolvimento se encontra e perceber como ele/a está a desenvolver-se (de forma satisfatória/não satisfatória);

Instruir os pais acerca das diferentes fases normativas do desenvolvimento, possibilitando-lhes antecipar as etapas fundamentais do desenvolvimento e prever as principais mudanças desenvolvimentistas do seu bebé/da sua criança;

Vivenciar o crescimento e o desenvolvimento do bebé/da criança de forma mais serena e saudável pelos pais (redução da ansiedade nos pais), possibilitando-lhes desfrutar ao máximo de cada momento da relação pais-bebé/criança;

Fornecer aconselhamento aos pais acerca da estimulação de áreas-chave que lhes possibilite potenciar o desenvolvimento ótimo do seu bebé/da sua criança;

Esclarecer dúvidas, questões, medos e receios dos pais relativos ao desenvolvimento do seu bebé/da sua criança;

Despistar precocemente eventuais alterações ao desenvolvimento normal, de forma a possibilitar a intervenção atempada;

Prevenir ou intervir precocemente em eventuais situações de risco (ex., atrasos de desenvolvimento, dificuldades na relação pais-bebé/criança, etc.);

Promover apoio terapêutico aos pais sempre que necessário, particularmente, nos casos de alterações/atrasos no desenvolvimento do bebé/da criança, de dificuldades dos pais no relacionamento com o bebé/a criança, e/ou de outras situações difíceis ou problemáticas.

 

 

 

“A Psicologia é para todos – crianças, adolescentes e adultos –, independentemente do seu género, idade, escolaridade, habilitações académicas, situação financeira, etc… Todos nós, em algum (ou em diferentes) momento(s) da nossa vida, podemos necessitar da ajuda de um Psicólogo e temos o direito de ter o apoio de que necessitamos (…)

A missão do meu trabalho é transformar vidas e é sempre uma honra poder ajudar quem precisa…”

Cláudia Madeira Pereira

 

Contacto

Se pretende solicitar este serviço entre em contacto para marcar a sua consulta...

O seu pedido será atendido com a maior brevidade possível.
Contacto