A gravidez constitui um período que é geralmente vivido com grande emoção, contudo, os sentimentos podem tornam-se ambivalentes e contraditórios: por um lado, o encantamento e as expectativas positivas, e, por outro lado, a insegurança e o medo. Desta forma, a gravidez constitui muitas vezes uma fase crítica e vulnerável para a saúde psicológica da grávida, do bebé e do casal parental.

A conceção e a gravidez desencadeiam na futura mãe uma multiplicidade de transformações, nomeadamente, físicas, hormonais, afetivas e emocionais, psicológicas, sociais, entre outras. Particularmente o seu corpo e o seu funcionamento psicológico sofrem profundas alterações que requerem adaptações constantes para permitir a chegada do bebé e potenciar o seu desenvolvimento futuro, de forma harmoniosa e saudável.

De acordo com o Congresso Americano de Obstetras e Ginecologistas (ACOG), entre 14 a 23% das mulheres demonstram sintomas de depressão durante a gravidez, e esta perturbação tem uma elevada probabilidade de persistir após o parto, caso não seja prontamente diagnosticada e tratada. A Depressão na gravidez e/ou no pós-parto é uma doença que pode e deve ser tratada. A procura de ajuda e apoio constitui o primeiro passo para que a depressão seja tratada eficazmente.

O período da gravidez constitui uma fase de mudanças e adaptações também para o futuro pai, o casal parental e a família mais alargada. Para o futuro pai, a nova identidade enquanto pai exige o desempenho de novas funções e o assumir de novas responsabilidades. Ele sente a necessidade de apoiar a grávida, mas, por vezes, esta tarefa é dificultada pela experiência dos seus próprios medos, inquietações e inseguranças.

Como tal, o acompanhamento psicológico durante a gravidez pode desempenhar um papel importante para o bem-estar psicológico da grávida, do pai e do casal parental.

 

Benefícios do Acompanhamento Psicológico durante a Gravidez:

 

Acompanhamento e apoio à grávida, ao pai e/ou ao casal no que respeita às adaptações e vivências físicas, biológicas, psicológicas e sociais, experienciadas ao longo da gravidez;

Apoio emocional e afetivo à grávida, ao pai e/ou ao casal, no sentido de promover o seu bem-estar emocional;

Preparação para o parto e acolhimento ao bebé;

Preparação para as funções parentais;

Aquisição de informação útil e desenvolvimento de conhecimentos práticos;

Esclarecimento de dúvidas, questões, medos e receios;

Intervenção psicológica atempada em situações de risco associadas à gravidez (ex., gravidez de alto risco; gravidez não planeada, não desejada ou não aceite; morte de um familiar próximo ou outra figura significativa durante a gravidez; etc.);

Prevenção e/ou intervenção precoce em patologias psicológicas durante a gravidez (ex., depressão, problemas de ansiedade, etc.);

Outros…

 

 

 

“A Psicologia é para todos – crianças, adolescentes e adultos –, independentemente do seu género, idade, escolaridade, habilitações académicas, situação financeira, etc… Todos nós, em algum (ou em diferentes) momento(s) da nossa vida, podemos necessitar da ajuda de um Psicólogo e temos o direito de ter o apoio de que necessitamos (…)

A missão do meu trabalho é transformar vidas e é sempre uma honra poder ajudar quem precisa…”

Cláudia Madeira Pereira

 

Contacto

Se pretende solicitar este serviço entre em contacto para marcar a sua consulta...

O seu pedido será atendido com a maior brevidade possível.
Contacto